Quem é Abraham Weintraub, o novo ministro da Educação

Formado em Economia, mas sem experiência em educação, ele chega para substituir o polêmico e atrapalhado Vélez Rodríguez

 

Na manhã desta segunda-feira (8), Jair Bolsonaro anunciou a demissão de Ricardo Vélez Rodríguez e anunciou um novo nome para comandar o Ministério da Educação: o economista e professor Abraham Weintraub. O nome não é desconhecido do atual governo: Weintraub ocupava até agora o cargo de secretário-executivo da Casa Civil, o segundo mais importante da pasta. Professor da Unifesp, é graduado em Economia pela USP e mestre em administração na área de finanças, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Em seu primeiro anúncio, no Twitter, Bolsonaro afirmou que o novo ministro possuía doutorado, mas logo em seguida corrigiu a informação. Abraham Weintraub trabalhou na área de finanças na iniciativa pública e privada, mas pouco se sabe a respeito de sua bagagem para gerir o Ministério da Educação.

Tanto ele quanto seu irmão, Arthur Weintraub, atuaram na campanha de Jair Bolsonaro. Ambos palestraram também em um evento promovido por Eduardo Bolsonaro no ano passado, a Cúpula Conservadora das Américas.

 

Na ocasião, o agora ministro da Educação afirmou que trabalharia para aplicar a “teoria de Olavo de Carvalho em, democraticamente, lidar com o marxismo cultural”. Segundo o jornal O Globo, o único momento em que citou a educação na palestra foi quando afirmou que era necessário vencer o “marxismo cultural” nas universidades.

 

FONTE: Guia do Estudante